Sobre

O Núcleo de Práticas Artísticas Autobiográficas (NuPAA) é um grupo de pesquisa da Faculdade de Artes Visuais (FAV) da Universidade Federal de Goiás (UFG). Ele está cadastrado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq  e tem como objetivo investigar e desenvolver poéticas artísticas e processos de criação a partir do entrecruzamento do campo das Artes Visuais com os Estudos Autobiográfcos. O grupo está vinculado ao projeto de pesquisa Práticas Artísticas Autobiográficas: Intersecções entre Prática Artística, Escritas de Vida e Decolonialidade, cadastrado junto à Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (PRPI) da UFG em fevereiro de 2017.

Atualmente o NuPAA conta com duas linhas de pesquisa:

1) Autobiografia e Decolonialidade nas Práticas Artísticas Contemporâneas, coordenada pela professora Dra. Manoela dos Anjos Afonso Rodrigues (FAV/UFG).

2) Processos Artísticos do Corpo e da Intimidade, coordenada pelo professor Dr. Odinaldo da Costa Silva (FAV/UFG).

O impacto das atividades propostas pelo NuPAA pode ser observado em práticas artísticas, pesquisas de iniciação científica e trabalhos de conclusão de curso defendidos e premiados nos anos 2017, 2018 e 2019 no âmbito do curso Artes Visuais – Bacharelado da FAV/UFG. Além disso, o Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual (PPGACV/FAV/UFG) passou a oferecer, a partir de 2019, uma disciplina e vagas de mestrado para pesquisas em poéticas visuais e processos de criação com foco nas relações entre arte, autobiografia e decolonialidade.

Sobre os líderes do NuPAA:

Manoela dos Anjos Afonso Rodrigues: PhD em Artes pelo Chelsea College of Arts, University of the Arts London – CCW/UAL (2017). Mestre em Cultura Visual pela Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás – FAV/UFG (2008). Professora Permanente do Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual (PPGACV) vinculada à Linha de Pesquisa (B) Poéticas Artísticas e Processos de Criação. Coordena o Grupo de Estudos de Metodologias, Métodos e Abordagens da Pesquisa em Arte (GEMMA). Desde 2010 é membro do Comitê Poéticas Artísticas (CPA) da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas (ANPAP), da qual é atualmente a Presidente para o biênio 2019/2020. Membro da Associação Brasileira de História Oral (ABHO) desde 2018. Temas de interesse: Escritas e inscrições de si, memória autobiográfica, deslocamentos, exílio, nomadismo, apagamentos, identidades, ancestralidades, poéticas do espaço e políticas do lugar.

Odinaldo da Costa Silva: Doutor em Artes pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2018), na linha de pesquisa Poéticas Artísticas Contemporâneas. Mestre em Comunicação Social pela Universidade de Brasília (2007), na linha de pesquisa Imagem e Som. Graduado em Comunicação Social, habilitação em Jornalismo, pela Universidade Federal da Paraíba. Professor na Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás. Desenvolvo o projeto de pesquisa “Paisagens Íntimas: processos artísticos autobiográficos do corpo e da intimidade”. Estou interessado em questões que partem do corpo, do meu/seu próprio corpo, e reverberam na relação com outrem e com o mundo. Temas como memória, deslocamento e fracasso atravessam meus interesses, como também possibilidades e estratégias de como viver juntos na atualidade.