Membras/es/os

Ana Reis

Ana Reis: Artista, habitante do cerrado, lança o corpo nas experimentações da performance e da criação de subjetividades sensoriais dissidentes. Pesquisa práticas artísticas autobiográficas e ficcionais que produzam rachaduras e rasgos nas relações hegemônicas de gênero em potências micropolíticas. Professora Efetiva do Curso de Dança da UFG, ativa a performance e as práticas de fronteira no território da educação em artes. Graduada em Artes Plástica (2008) e Mestre em Artes (2011) pela UFU, doutoranda em Artes pela UnB. Pesquisadora do Núcleo de Práticas Artísticas Autobiográficas – NuPAA/UFG. Idealiza e faz acontecer, em formato colaborativo,  o ROÇAdeira: encontros performáticos em lugares improváveis. Participa de exposições, residências e encontros de arte e pesquisa. Projeto em andamento: Autoficções de isolamento: órbitas desviantes no epicentro do caos.
Contato: anareisn@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/7814591425107794

Bernardo MoraisBernardo de Morais Pinto: Sertanejo do norte de Minas Gerais desde 1989, graduado em Comunicação Social (FIAM-FAAM/FMU) desde 2011 e artista visual desde que se entende por gente. Investiga estética e símbolos contemporâneos do ser dos Sertões através da fotografia, pintura e desenho. Tem desenvolvido sua pesquisa a partir de temas centrais como memória, lugar, corpo, identidade e autobiografia. Atualmente faz parte do Coletivo TransI e é pesquisador independente no Núcleo de Práticas Artísticas Autobiográficas (NuPAA/FAV/UFG/CNPq) na linha de pesquisa: Autobiografia e Decolonialidade nas Práticas Artísticas Contemporâneas. Projeto de pesquisa em andamento: Autopoiese sertaneja, um estudo autobiogeográfico (Edital 2020/2021).
Contato: fotomoraisbernardo@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8818561345269103

Bruna Mazzotti

Bruna Mazzotti: Licenciada em Artes Visuais pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Desenvolve pesquisa enquanto artista em interlocução com o imaginário e a psicologia analítica, interessada em trabalhar a partir de imagens que surgem do inconsciente para o consciente – seja em invasões espontâneas, devaneios ou sonhos. Atua na área de Poéticas Visuais com ênfase em: performance arte, instalação site-specific, escrita automática aliada ao Tarô e proposições colaborativas para expandir lugares de enunciação; além de também atuar nas áreas de arte educação e mediação cultural. Vinculada ao Comitê de Poéticas Artísticas da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas (CPA/ANPAP) e também à Federação de Arte-Educadores do Brasil (FAEB) na categoria Sócia Profissional. Integrante do Núcleo de Práticas Artísticas Autobiográficas (NuPAA/FAV/UFG/CNPq) na Linha “Processos Artísticos do Corpo e da Intimidade”. Projeto de pesquisa em andamento: Tomos: escrituras performativas sobre o corpo à luz da cartomancia (Edital 2020/2021).
Contato: bruna_mq@live.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1733193693488731

Daniela Marques

Daniela Marques: Goiana, é graduada em Comunicação e Mestre em Arte e Cultura Visual pela Universidade Federal de Goiás (FAV/UFG). Artista residente no Ateliê Livre, projeto da Escola de Artes Visuais (Centro Cultural Octo Marques – Secult Goiás). Integrante do projeto de pesquisa Práticas Artísticas Autobiográficas: intersecções entre prática artística, escritas de vida e decolonialidade. Investigando sua própria história por meio da prática artística associada ao fazer investigativo, desenvolve pesquisa acerca de temáticas ligadas à sexualidade e poder. Projetos de pesquisa em andamento: Saltos: métodos para inventar fálus (Edital 2020/2021).
Contato: alvesmarquesdaniela@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/7839897423479666

Davidson Xavier

Davidson José Martins Xavier: É mineiro, e de vez em quando esquece as palavras e as substitui por palavras criadas em um idioma inventado próprio. Além disso é, artista das artes cênicas, artista-educador e instrutor de movimento. Já participou de grupos de teatro e dança de Minas Gerais e Goiás. Formou-se em Licenciatura em Artes/Teatro pela Universidade Estadual de Montes Claros- UNIMONTES (2004), tem pós-graduação em História da Arte pela Estacio de Sá (2018). Tem prazer na dança ínfima,  onde busca uma narração de si através de uma dança que se estabelece com movimentos que surgem de uma pesquisa memorial cinestésica. Nesta pesquisa corporea, o corpo pretende ser recolhido pelo movimento, procurando sensorialidades que se apoiem em escombros e escuros. Seu trabalho relaciona memoria e corpo, usando o movimento para inventar-se criando um mundo onde seus alteregos podem realizar pedaços de sonhos frustrados. Projeto em andamento: Corpo Bordado – Por uma dramaturgia do corpo (Edital 2020/2021).
Contato: navicularse@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0091157995926784

Emili Hirabara Tanaka

Emili Hirabara Tanaka: Nascida em 1998, na cidade de Kawasaki, província de Kanagawa, Japão. Atualmente reside e trabalha em Suzano – SP. Formada em Artes Visuais Bacharelado pela Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás. Artista visual que trabalha principalmente com a produção de miniaturas. Por meio da miniatura, constrói narrativas ficcionais que expressam traumas da infância e vulnerabilidades da vida adulta. Recentemente adquiriu interesse em estudos sobre práticas decoloniais, estereótipos e militância amarela. Projeto de pesquisa em andamento: Para se fazer ver (Edital 2020/2021).
Contato: emilitnk@yahoo.com.br
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4463287367814935

Emmanuel Felipe de Araújo Amaral

Emmanuel Felipe de Araújo Amaral: Mais conhecido como Badu. Graduando em Artes Visuais Bacharelado na Faculdade de Artes Visuais (FAV/UFG). Tem interesse nas relações do corpo com manifestações culturais e tradições. Dentro desse recorte, o Carnaval é sua paixão, desenvolvendo relações no seu cotidiano durante todo o ano. Dialogando com algumas questões de brasilidades, sua produção se apresenta por meio da experiência da prática artística com fotografia, videoperformance e desenho. Projeto de pesquisa em andamento: Galeria da FAV: o corpo em exposição (Iniciação Científica AVB/FAV/UFG).
Contato: carnavalfelipe@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9228884992972395

Felipe Santos

Felipe Santos de Souza: Goiano, graduando do curso Artes Visuais Bacharelado na Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás (FAV/UFG). A partir de narrativas de vida, busca pesquisar questões de ausência, memória e família utilizando abordagem autobiográfica. Pesquisa em andamento: Autobiogeografia numa pesquisa em arte sobre Memória de Família (Iniciação Científica AVB/FAV/UFG).
Contato: felipetsn37@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3150745694010731

IngridCosta

Ingrid Costa Moreira: Designer e artista visual. Pesquiso, por meio de uma prática artística autobiogeográfica de cunho socialmente engajado, narrativas de vida que revelem percepções do meio ambiente e suas transformações. Sou graduada em Design Gráfico pela Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás (FAV-UFG) e Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual (PPGAVC) pela mesma instituição. Desenvolvo um projeto de pesquisa vinculado à Linha de Pesquisa (B) Poéticas Artísticas e Processos de Criação, no qual busco desenvolver estratégias artísticas participativas e colaborativas alinhadas a movimentos ambientais ecofeministas que propõem alternativas sistêmicas de cuidado e preservação do meio ambiente por meio da sabedoria de povos tradicionais quanto a práticas,  cosmovisões e organização social. Projeto de pesquisa em andamento: Atîaîa: Percepeções do Meio Ambiente através de Práticas Artísticas Autobiogeográficas (Mestrado PPGACV/FAV/UFG – Bolsista CAPES).
Contato: sp.ingrid33@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5311238387856295

JeiseKelli

Jeise Kelli Carneiro Procópio: Nasceu em Guaíra, São Paulo e reside em Goiânia, Goiás desde o ano 2018. É graduanda do curso Artes Visuais Bacharelado na Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás (FAV/UFG). Integrante do projeto de pesquisa Práticas Artísticas Autobiográficas: intersecções entre prática artística, escritas de vida e decolonialidade. Sua pesquisa artística desenvolve-se a partir da abordagem da autobiogeografia, utilizando arquivos ancestrais, memórias e narrativas, buscando investigar o lugar de origem e de travessias através do contexto afro-brasileiro, com ênfase nas questões étnicas, sociais e culturais. Os trabalhos, em sua materialidade e técnicas, transita por meio da pintura, gravura, instalação, desenho, objeto e bordado. Projeto de pesquisa em andamento: Autobiogeografia numa pesquisa em arte sobre Narrativas de Deslocamento (Iniciação Científica PIBIC/AVB/FAV/UFG).
Contato: jeisekellicarneiroprocopio@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3773800007982039

Julliana Oliveira

Julliana Oliveira: Artista visual e professora. É graduada em Artes Visuais – Bacharelado pela Universidade Federal de Goiás (FAV/UFG) e especialista em Docência do Ensino Superior. Atua como artista junto ao Coletivo Bunker que se interessa pela temática da dinâmica de criação/ruptura/manutenção dos laços afetivos entre os sujeitos líquidos da contemporaneidade. Em sua produção individual atual, tem como ponto de partida a experiência do luto não vivenciado pelo impedimento dos ritos de morte impostos pela pandemia. Tem interesse em investigar questões como a ancestralidade, o memorial, a memória afetiva, o luto, o deslocamento e o lugar como aspectos formativos da sujeita artista, mulher, goiana. Também investiga as visualidades e meios de dispersão de dados da atualidade como ferramentas de produção e circulação de processos poéticos, dessa forma identificando e discutindo os atravessamentos decoloniais em uma prática artística autobiográfica.
Contato: rodriguesdeoliveira5@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5956194899312742  

Kassius Brunno Souza

Kassius Brunno Souza: Arquiteto Urbanista. Estudante de Artes Visuais Bacharelado (FAV/UFG).  Artista residente no Ateliê Livre, projeto da Escola de Artes Visuais (Centro Cultural Octo Marques – Secult Goiás). Sua prática artística percorre a fotografia, a pintura, o desenho e o tridimensional, que apontam para uma abordagem autobiográfica. É a partir desse viés que se alimentam seus desenhos refracionados, as fotografias de cores fortes e contrastantes e a cerâmica seca e trincada. Tudo evoca para a presença do seu corpo na obra de arte. Na Residência Artística tem desenvolvido desenhos e aquarelas que cruzam a memória e a sua infância, retratando a arquitetura das casas em que morou, os brinquedos que permanecem vivos em suas lembranças e os retratos tirados pela sua mãe. Projeto de pesquisa em andamento: Salão Anapolino de Arte: corpo, autobiografia e intimidade (Iniciação Científica AVB/FAV/UFG).
Contato: kassiusbrunno@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3373003616941471

Leticia Nascente

Letícia Nascente: Graduanda do curso Artes Visuais Bacharelado na Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás (FAV/UFG). Sua investigação desenvolve-se por meio da autobiogeografia e, bem como boa parte de sua produção, tem como temas centrais o corpo, a mulheridade e a América Latina nas produções artísticas. Projeto de pesquisa em andamento: Autobiogeografia numa pesquisa em arte sobre Mulheridade (Iniciação Científica AVB/FAV/UFG).
Contato: leticianascentegomes@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2942323794850172

Lívia

Lívia Chagas: Mora e trabalha em Goiânia, Goiás. É graduanda do curso Artes Visuais Bacharelado na Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás (FAV/UG). Sua pesquisa se desenvolve através da pintura, desenho e fotografia. Investiga, em seus trabalhos, o afeto e a intimidade permeados por questões como corpo e gênero. Integrante da linha de pesquisa Paisagens Íntimas: processos artísticos autobiográficos do corpo e da intimidade. Projeto de pesquisa em andamento: Autorretrato: ativações através do corpo e da intimidade (TCC/AVB/FAV/UFG).
Contato: contato.liviachagas@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/7034484331137592

Lucélia Maciel de SouzaLucélia Maciel de Souza: Mora e trabalha em Goiânia, Goiás. É graduanda do curso Artes Visuais Bacharelado na Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás (FAV/UG). A partir de memórias de infância, desenvolve pesquisa artística usando o objeto Lamparina como metáfora para discutir questões étnicas, sociais e de gênero. Integra o Grupo de Estudos de Metodologias, Métodos e Abordagens da Pesquisa em Arte (GEMMA) da FAV/UFG. Projeto de pesquisa em andamento: Memórias de uma Lamparina: Poéticas de Libertação (TCC/AVB/FAV/UFG).
Contato: lluccellia26@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/7112287658108439

Manuela Thayse Costa SilvaManuela Thayse Costa Silva: Artista Visual e pesquisadora com graduação em Artes Visuais Bacharelado pela Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás (FAV/UFG). Integrante do grupo de pesquisa Núcleo de Práticas Artísticas Autobiográficas (NuPAA) e Grupo de Estudos de Metodologias, Métodos e Abordagens da Pesquisa em Arte (GEMMA), ambos da FAV/UFG. A partir da abordagem da psicologia analítica, pesquisa por meio da prática artística as manifestações simbólicas do inconsciente pessoal e coletivo expresso através dos sonhos, como meio de acionar pontes para além da orla do inconsciente. A partir desse diálogo entre o dentro e o fora, os sonhos atuam como o fio que conecta poeticamente o ser e a natureza nos processos de tecelagem de um organismo autobiográfico. Através de foto, vídeo, escritas, desenho, instalação e objetos, direciona a arte como meio de integração consigo mesmo. Projetos de pesquisa em andamento: Sonho de Quarentena; Rede dos Sonhos.
Contato: manu.tcs79@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2746893204583672

Marcela Faria

Marcela Faria dos Santos: Artista do corpo. Educadora. Trapezista nos ares. Dançarina investigadora na improvisação do corpo em movimento, da dança contemporânea e fusões tribais. Estuda Licenciatura em Dança na Universidade Federal de Goiás. Tem desenvolvido sua pesquisa trazendo as questões de gênero e o feminismo para discutir o corpo da mulher no contexto da igreja e as possibilidades de ruptura e liberdade. Projeto de pesquisa em andamento: Trajetória do corpomulher em ruinas: das amarras ao florescimento (Edital 2020/2021).
Contato: marfaria.arte@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4757572247617338

Marcus Vinicius

Marcus Vinicius do Prado Santos (majno gitano): Graduando em licenciatura em dança pela FEFD/UFG desde 2017. Busca se reconhecer como artista por uma perspectiva de autoconhecimento e espiritualidade, versando escolhas criativas através de crenças pessoais como tentativa de investigar uma dimensão poética baseada na magia, alquimia e ancestralidade. Como linguagem de expressão da dança utiliza propostas performáticas pautadas na improvisação com um objetivo ritualístico, alimenta-se criativamente através dos questionamentos sobre modos de (re)existência. Transita por diferentes ambientes artísticos utilizando maquiagem, desenhos, escritos poéticos, músicas, fotos e vídeos para criar uma realidade emocional com elementos reais, fictícios e arquetípicos. Projeto de pesquisa em andamento: Autoetnografia em dança: um estudo da improvisação como processo artístico e espiritual (Edital 2020/2021).
Contato: mzrcys@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8420021014172428

Mariana CaldasMariana Siqueira Caldas: Artista graduanda do curso Artes Visuais Bacharelado pela Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás (FAV/UFG). Seu trabalho se desenvolve a partir da revisitação de traumas, memórias e/ou ao mundo dos sonhos. Projeto de pesquisa em andamento: Oniropoética: o sonho na criação artística (Iniciação Científica AVB/FAV/UFG).
Contato: marianasiqueiracaldas@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5575296552931716

Matheus Pires

Matheus Pires: Sou um artista visual brasiliense, graduado em Artes Visuais Bacharelado pela FAV/UFG e radicado em Goiânia. Marcado pelo caráter autobiográfico, meu trabalho se estabelece no âmbito da arte contemporânea, embrenhando-se em um empreendimento de investigação de temáticas como Política, Memória, Linguagem e Violência. Em minha produção recente, proponho o levantamento de disrupções que permitam comentar a aparente superficialidade do atual debate político polarizado, buscando perfilar caminhos possíveis além do enfrentamento das narrativas hegemônicas. Investigo, assim, ideologias políticas, símbolos de poder e dissidência e as fronteiras da comunicação em diálogo com o cotidiano e o espaço da coexistência cívica. Projeto de pesquisa em andamento: O seu futuro está aqui, no presente.
Contato: matheuspiresartwork@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6527079434647697

Nutyelly Cena

Nutyelly Cena de Oliveira: Nasceu na cidade Codó, Maranhão (MA), reside em Goiânia, Goiás (GO) desde o início dos anos 2000.  Oficineira de bonecas negras Abayomis, arte-educadora e curadora independente. Possui graduação em Museologia pela Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Ciências Sociais. Trabalhou na equipe de museus da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte de Goiás, e em espaços culturais da Universidade Federal de Goiás. Foi Coordenadora Geral da Rede de Educadores em Museus de Goiás (Gestão 2016/2017). Tem experiência na área de Museologia, atuando principalmente nos seguintes temas: mediação cultural, acervos e coleções de arte. Também se interessa pelos temas: Feminismos Negros, Curadorias, Antropologia, Artes Visuais, Ativismo, Artivismo e os estudos dos Museus, Memórias e Cultura Afro-Brasileira e Africana. Atualmente é mestranda em Antropologia Social pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal de Goiás (PPGAS-UFG), pesquisadora no Coletivo Rosa Parks e no Núcleo de Práticas Artísticas Autobiográficas (NuPAA). Projeto de pesquisa em andamento: Autoetnografia insurgente: rompendo e construindo [outras] centralidades possíveis para a prática curatorial (Edital 2020/2021).
Contato: nutyellycenantropologia@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6041243673181648

Renan Accioly

Renan Accioly: Jornalista e graduando do curso Artes Visuais Bacharelado na Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás (FAV/UFG). Procura utilizar o centro de Goiânia como ateliê expandido de suas propostas artísticas. Em sua pesquisa, considera a fotografia analógica e as novas derivas como suporte, buscando resgatar – em seu acervo pessoal e nas novas produções – as memórias e identidades da cidade mesclando-as por meio de fotografia, stencil, lambe, gravura e colagem. Projeto de pesquisa em andamento: Eu sou o Centro: um olhar autobiográfico na relação corpo-cidade (TCC/AVB/FAV/UFG).
Contato: foc.antero@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8344933307988313

Thaysa Alarcao

Thaysa Alarcão Lemos: Arquiteta Urbanista. Graduanda do curso Artes Visuais Bacharelado na Faculdade de Artes Visuais (FAV/UFG). Com base na pesquisa e na prática artística que se iniciam, busca compreender questões relativas à autobiografia na contemporaneidade, partindo de indagações acerca do corpo e do autorretrato nos processos artísticos, trazendo como repertório as relações entre corpo e espaço exploradas na arquitetura. Projeto de pesquisa em andamento: Corpo e autorretrato no Salão Nacional de Arte de Jataí (Iniciação Científica AVB/FAV/UFG).
Contato: thaysa.alarcao@hotmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8624116444722986